Blog

LIVRONew manual Articular Approach: Lower Extremity

14/08/2020

New manual Articular Approach: Lower Extremity

Autores: Jean-Pierre Barral, DO & Alain Croibier, DO
319 páginas
Ano: 2016
Idioma: inglês

“Dor e disfunção em uma articulação podem ter causa local ou distante. Uma dor no joelho pode ser consequência de um entorse de tornozelo. Por outro lado, o entorse pode ocorrer em consequência a uma disfunção no sistema genital, cujas repercussões refletem sobre o joelho por meio dos sistemas neural e miofascial. A fonte do problema pode ser uma aderência do ceco, que cria um mecanismo de conflito para o ovário adjacente e para o nervo obturador.” (Barral JP; Croibier A. New Manual Articular Approach: Lower Extremity. Palm Beach Gardens: Barral Productions, 2016.)

As queixas de dor e disfunção do aparelho musculoesquelético são o maior motivo de consulta a osteopatas, fisioterapeutas e outros profissionais de saúde envolvidos com o movimento e o aparelho locomotor. Tais queixas devem ocupar um lugar muito importante na atenção destes profissionais, mas restringir o estudo e a atuação terapêutica ao sistema musculoesquelético levará a resultados pobres e de curta duração.

Como um sistema complexo, o ser humano precisa ser considerado em seus diversos aspectos e a interação entre eles deve ser compreendida. A visão integral e integrativa é a base de um verdadeiro tratamento osteopático.

Jean-Pierre barral, DO, e Alain Croibier, DO desenvolveram novas formas de abordar o tratamento das queixas musculoesqueléticas, seguindo o princípio osteopático fundamental da integralidade do ser humano. Assim nasceu a “Nova Abordagem Articular Manual”, também chamada de “Tratamento Articular Global”, que aborda neste livro as disfunções da extremidade inferior.

Engana-se quem pensa que os autores mergulharam em teorias amplas e profundas sobre a globalidade do ser humano, o holismo, estruturas sistêmicas, etc., para formar um corpo teórico sobre o entendimento do sistema humano, e a partir daí desenvolverem técnicas para a sua avaliação e tratamento. A “Nova Abordagem Articular Manual” nasceu dos problemas clínicos. Na prática do dia a dia os autores se defrontaram com queixas musculoesqueléticas que não eram resolvidas com as abordagens osteopáticas para este sistema, nem tampouco com as técnicas já desenvolvida pelos próprios autores para o tratamento das disfunções viscerais, neuromeníngeas, neurais e vasculares.

Na busca por solucionar os casos os autores tentaram criar novas formas de manipulação dos tecidos, empregando os princípios das suas outras abordagens terapêuticas, já citadas. Nem todas as tentativas funcionaram, mas algumas técnicas começaram a se mostrar eficazes.

E assim começou a se formar um “repertório de soluções”, que passaram a utilizar em seus pacientes, testando e aprimorando as técnicas. O próximo passo foi organizar e reunir estas novas técnicas em um curso, para compartilhá-las com outros profissionais. Nas palavras dos autores, este era, para eles, uma espécie de curso de “truques clínicos”, recursos que eles haviam criado e testado para seu próprio uso naqueles casos onde as soluções já conhecidas não funcionavam.

À medida que este repertório naturalmente se expandiu os autores passaram a identificar princípios que deveriam estar por trás das técnicas criadas e que poderiam explicar a sua eficácia. Assim, dedicaram-se a identificar e estudar quais princípios estariam relacionados à esta idéia de tratamento, e organizaram o corpo teórico que fundamenta as novas técnicas articulares.

Reuniram as técnicas e os princípios em livros e batizaram de “Nova Abordagem Articular Manual”, que traz uma visão diferente das demais técnicas classificadas como “articulares”. Muitos, incredulamente, podem pensar: Mas o que, de novo, se pode aprender sobre tratamento articular? O que há, no tratamento manual articular, que possa ser diferente de tudo o que já se conhece e se ensina nas escolas de osteopatia e de terapia manual? Para estes fica o convite de se aventurar a conhecer as novas e transcendentes idéias de Jean-Pierre Barral e Alain Croiber, neste livro. Os autores conseguiram, mais uma vez, inovar no desenvolvimento de técnicas manuais, e avançar um pouco mais no refinamento e eficácia desta arte terapêutica. Agora no âmbito do sistema musculoesquelético.

Reunidas neste livro estão as técnicas criadas para as disfunções da extremidade inferior. Inicia com um breve capítulo que aborda os princípios teóricos, a visão dos sistemas e suas interações: sistemas de animação, manutenção, estabilização, informação, deslizamento, coesão e alavancas. E segue com observações sobre a mecânica humana, em especial sobre a mecânica da extremidade inferior. Sem repetir tudo o que já está nos livros de cinesiologia e biomecânica, os autores discutem os papéis da extremidade inferior no equilíbro e na mecânica global do corpo humano.

Seguem-se seções dedicadas ao quadril, depois joelho, e depois tornozelo e pé. Em cada uma delas são abordados:

- a anatomia funcional e a fisiologia articular;

- os elementos diagnósticos: inspeção, palpação e testes;

- o tratamento dos estabilizadores ativos: músculos;

- o tratamento dos estabilizadores passivos: cápsula articular e ligamentos;

- o tratamento do aparelho de deslizamento: cartilagens, meniscos;

- o tratamento dos elementos ósseos;

- manipulações dos plexos neurais e nervos periféricos, específicos para cada articulação;

- manipulações vasculares específicas para cada articulação;

- considerações sobre as relações emocionais de cada articulação.

É uma obra inovadora, abrangente e de grande aplicabilidade. Bem organizada, didática, traz informações sucintas e suficientes sobre os aspectos teóricos, em especial os anatômicos, com ricas ilustrações, mas sem entrar em detalhes desnecessários para as técnicas.

Fotografias ilustram as técnicas de diagnóstico e tratamento e sua execução é descrita passo-a-passo.

É um livro que vai do conceito à aplicação clínica, sempre direto ao ponto. Traz as informações que o clínico precisa para conduzir conscientemente as decisões terapêuticas, sem se estender em detalhes menos importantes. Apresenta as técnicas de forma clara e compreensível. E tudo isto com o carimbo da eficácia de técnicas que surgiram como resposta a necessidades clínicas e com elas foram desenvolvidas e aprimoradas, por estes dois notórios osteopatas, cuja grande contribuição tem contribuído de forma muito importante para a evolução da osteopatia e da terapia manual.

 

AnteriorANTERIORTODOSSeguintePRÓXIMO

Próximos Cursos e Formações

Quer mais Informações?
Entre em contato conosco!

Fale ConoscoFALE CONOSCO Envie um e-mailE-MAIL Fone 48 3039 155148 3039 1551 WhatsApp 48 996 920 52448 996 920 524

Porquê Porque ICON

O ICON - International College of Osteopathy an Naturopathy - foi criado com o objetivo principal de ser um facilitador do acesso dos profissionais de saúde ao conhecimento atualizado sobre teorias e técnicas terapêuticas, que permitam trabalhar em uma visão integral sobre a saúde.

  • ICON - Cursos com Credibilidade
    Credibilidade
    Cursos certificados pelo Barral Institute
  • ICON - Público Selecionado
    Público
    Selecionado
    Cursos exclusivos para profissionais da saúde
  • ICON - Professores Qualificados
    Professores
    Qualificados
    Corpo docente com profissionais internacionais
  • ICON - Cursos com Certificação Internacional
    Certificação
    Internacional
    Certificado com validade no Brasil e exterior
SAIBA MAIS